Calcinha fio dental: descubra em quais situações o seu uso é recomendado

Seja para se sentir com a autoestima elevada ou desenhar a silhueta para uma ocasião especial, a calcinha fio dental é uma roupa íntima muito popular entre as mulheres. Embora bastante popular e com uma infinidade de modelos à disposição, ainda gera polêmicas sobre o conforto na utilização.

A principal dúvida gira em torno da pouca cobertura na parte de trás e tiras finas de suporte. O que se mostra perfeito para compor um look, pode não cair bem em algumas situações. O que vale é saber como tirar melhor proveito da peça. Continue lendo para descobrir em quais situações o seu uso é recomendado!

Fonte da imagem: Click Sophia

Onde surgiu calcinha fio dental?

As primeiras calcinhas surgiram em torno do ano de 1550, para tornar mais cômodo e adequado o uso de vestidos, além de permitir maior mobilidade em atividades diárias. Os modelos eram bem distantes do que conhecemos hoje, se assemelhando a uma calça curta e larga até o joelho ou tornozelo.

O uso em massa veio somente após 1790 e evoluiu com as primeiras revoluções femininas do ano 1960, se tornando mais adequado ao corpo e, aos poucos, mais sexy, como conhecemos atualmente.

E o modelo fio-dental? Como roupa íntima, surgiu no Brasil na década de 1980, como uma evolução do modelo asa delta, utilizado em biquínis. A invenção se tornou bastante popular entre as brasileiras e dura até os dias de hoje.

Fonte da imagem: Click Sophia

Tipos de calcinha fio dental

Quando o assunto é conforto e despertar a sensualidade, vale a tentativa de encontrar o tipo de fio dental ideal para o seu corpo, entre as várias opções disponíveis:

– Fio dental tipo T ou Tradicional: laterais ultrafinas e encaixe composto apenas por uma tira. A parte frontal é feita por um pequeno triângulo de tecido. É um modelo arriscado, pois tende a dar uma percepção mais “quadrada” ao bumbum.
– Fio dental tipo G ou String: laterais ultrafinas, parte frontal e encaixe compostos por pequenos triângulos de tecido.
– Fio dental duplo: lateral mais larga e “fio” (parte que se encaixa no bumbum) feito em tecido duplo e sem costura, ideal para não marcar a roupa e trazer mais conforto no uso.
– Fio dental strappy: é um modelo moderno, geralmente utilizado em conjunto com o sutiã. Composto por mais de uma tira, com espessura média a grande.
– Fio dental com corte a laser: esse modelo também recebe o nome de calcinha invisível, por ser totalmente sem costuras. É confortável e pode ser utilizada até mesmo com as roupas mais apertadas sem marcar.

Os modelos podem variar em apliques, detalhes e tecidos como, por exemplo, a renda e o algodão, sendo este último, o mais recomendado por ginecologistas. Não há limites para se sentir bem em uma lingerie bem planejada.

Situações em que o uso é recomendado

Uma das principais vantagens no uso da calcinha fio dental é a valorização do bumbum, o que pode ser decisivo para a autoestima em momentos especiais ou para o dia a dia. Fora isso, são várias as situações em que o uso do fio dental é recomendado.

Para esbanjar sensualidade

Na hora de compor um visual mais sexy é importante considerar também a lingerie. O fio dental é perfeito para esses momentos, sobretudo se for com um tecido e detalhes mais ousados. O investimento em algumas opções mais arrojadas faz a diferença se o desejo é seduzir.

Fonte da imagem: Click Sophia

Roupas justas e trages de festa

Se a ocasião pede um look mais elegante, vale pena o uso! Muitas mulheres não se sentem seguras com a calcinha marcando o vestido ou alguma roupa mais justa. A calcinha fio dental é uma boa opção para evitar esse incômodo, além de melhorar a silhueta na hora de se vestir.

Uso de calças e saias compridas

A calcinha fio dental não deve ser utilizada durante o uso de saias e shorts curtos, uma vez que a exposição da região íntima aos fatores externos será maior, principalmente no momento de sentar.

A mesma dica também é válida no momento de experimentar roupas novas. O tecido, ainda sem lavagem, pode estar contaminado de alguma forma, então o ideal é que o contato com a região mínima seja mínimo.

Modelos de algodão no dia a dia

Se você prefere calcinha fio dental acima de qualquer outro modelo, fique atenta ao tecido ideal para o dia a dia: você pode optar por modelos de algodão, que permitem uma maior respiração à pele, protegendo de problemas como infecções.

Modelos de corte a laser e duplo fio também são ótimas opções para o uso diário. Não é necessário abdicar da saúde íntima para ser sensual ou vice-versa.

Cintura média e alta

Se a parte de baixo é de cintura baixa, há uma grande chance da calcinha sobressair ao cós. Isso pode ser um problema, causando constrangimentos dependendo do lugar em que estiver. Para que nada ocorra, é recomendado o uso com roupas de cintura média ou alta. Dessa forma você terá mais liberdade de movimentos.

Em alguns casos, é recomendado evitar o uso de calcinha fio dental, principalmente por questões de saúde. São eles:

– Durante a gravidez: nesse período a mulher fica mais suscetível a infecções vaginais, sendo necessário ter mais cuidado com a escolha da roupa íntima. A parte mais fina da calcinha fio dental, que se encaixa no bumbum, pode carregar inúmeras bactérias para a vulva.

– Na academia: por mais que não se queira ter a calcinha marcando a roupa de ginástica, o ideal é utilizar uma calcinha comum, uma vez que o atrito causado pelas tiras pode aumentar a proliferação de bactérias nocivas à saúde íntima.

– Durante a menstruação: o incômodo se dá, principalmente, pelo pouco espaço para a fixação do absorvente externo ou a possibilidade da corda do absorvente interno ficar preso na calcinha.

Esse post foi compartilhado do blog Click Sophia.

Gostaram das dicas meninas? Comente com a gente aqui e compartilhe com as amigas nas redes sociais! Até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima